Você já deve ter se perguntado qual o efeito neurológico da massagem, já que ela faz a gente se sentir tão bem.

Isso foi questionado também pelo engenheiro biomédico Andrew D. Vigotsky e pelo médico Andrew D. Vigotsky e este artigo foi feito. Então o efeito neurológico da massagem e da terapia manual foi pesquisado.

efeitos neurologicos da massagem terapia manual

Review Article The Role of Descending Modulation in Manual Therapy and Its Analgesic Implications: A Narrative Review

 

Artigo científico de revisão: A regra de modulação descendente em Terapia Manual e suas implicações analgésicas, uma revisão narrativa

 

Esse artigo científico consiste em uma revisão bibliográfica com o objetivo desta revisão é examinar a resposta neurofisiológica a diferentes tipos de terapia manual, a fim de entender melhor os mecanismos neurofisiológicos por trás dos efeitos analgésicos de cada terapia.

A terapia manual há muito tempo é um componente dos programas de reabilitação física, especialmente para tratar pessoas com dor. No entanto, os mecanismos da terapia manual não são totalmente conhecidos, e tem sido sugerido que seus efeitos moduladores da dor são de origem neurofisiológica e podem ser mediados pelo circuito modulador descendente.

 

Eles pesquisaram os efeitos de várias terapias manuais, que foram:

..Osteopatia (OMT);

..Manipulação da coluna (SMT);

..Manipulação do joelho ;

..Mobilização do tornozelo;

..Mulligan mobilização com movimento (MWV);

..Mobilização Neural (NM);

..Massagem no tecido conjuntivo (massagem esportiva);

..Acupressão e a

..Massagem Convencional.

fisioterapia fisio terapia manual mobilização

Eu vou focar na massagem, ok, mas vou mostrar os resultados de todas as técnicas aqui.

 

A tabela com os resultados de todas as técnicas pesquisadas:

terapia manual efeitos neurológicos1

terapia manual efeitos neurológicos 2

terapia manual efeitos neurológicos 3

Muitas técnicas têm efeitos sobre a dor, efeitos diferentes, bem interessante saber disso.

 

Leia também sobre Estudo sobre o efeito e a frequência ideal da massagem em dor crônica no pescoço

 

tranquilidade sem dor
Eu vou colocar aqui os efeitos principais das substâncias que são ativadas com as técnicas, veja só:

Ocitocina:  hormônio produzido pelo hipotálamo e armazenado na  Neurohipófise, cujas funções são:  promover as contrações do útero; diminuir o sangramento no parto; estimular o leite materno; desenvolver apego e empatia entre pessoas; produzir parte do prazer do orgasmo e regular a sensibilidade ao medo (do desconhecido)

Beta endorfina: tem como efeitos imediatos a diminuição da dor, facilita o bem-estar e o relaxamento. Pode também estimular o sistema imunitário. Depois de 30 minutos de atividade física, o organismo começa a liberar esse hormônio. OTENS (aparelho de fisioterapia, o conhecido choquinho) também estimula a liberação dela.

Corticotrofina: é responsável por estimular a síntese do cortisol, hormonio importantíssimo no nosso corpo em doses normais. Pode promover lipólise (quebra de gordura para utilização pelo corpo como energia), estimular a captação de glicose (impedindo alta ou baixa da glicose), tem efeito antidepressivo, entre outros. Então, o organismo é levado para a normalidade.

Dopamina:  famoso como o hormônio do prazer e do bem-estar, produzido pela substancia negra no cérebro, é um neurotransmissor (realiza a comunicação entre um neuronio e outro). Também atua na regulação morota dos movimentos voluntários, na memória, humor, na atenção e no prazer.

Pois bem, agora dá pra você ver na tabela qual a liberação ou diminuição do emoji smile que, ex. aumento de ocitocina, e ai você já vê logo aqui em cima o efeito dela no corpo.

 

Eu vou falar agora sobre os detalhes de algumas das técnicas que foram pesquisadas:

kaada and Torsteinbø –   6 male and 6 female subjects with a history of myalgia Connective tissue massage – ↑ 𝛽-endorphins

Recrutaram seis pessoas do sexo masculino e seis do sexo feminino, variando de 23 a 61 anos de idade, todos com histórico de “mialgia e várias outras tipos de dor.

Trinta minutos em uma cama em um quarto “termorregulado” foi permitido para cada sujeito descansar antes, 9 mL de sangue foram retirados.

A  massagem foi realizada por fisioterapeuta. Inicialmente, foram aplicados 20 minutos de movimentos lentos de 1 a 1,5 pol.a região lombossacra, incluindo T12 e derrames subcostais, dando origem a sensações “agudas e cortantes”. Depois disso, foram gastos 10 minutos tratando  áreas de dor específicas para cada sujeito usando a mesma  pressão aplicados à região tratada inicialmente.

Hemograma indicando um aumento estatístico dos níveis plasmáticos de 𝛽-endorfina após a massagem do tecido conjuntivo, indicam que há modulação  dor através da inibição descendente.

 

 

Morhenn et al. – 50 females and 45 males – Rest – Conventional massage  – ↑ oxytocin ↓ 𝛽 – endorphins

Compararam 15 minutos de massagem sueca (massagem relaxante) na parte superior das costas e encontraram aumentos estatísticos na ocitocina plasmática e diminui a 𝛽-endorfina no grupo de massagem em relação a o grupo de controle (que descansou)  . Importante, um tamanho de amostra maior foi aqui incorporado, em relação aos demais estudos (experimental: = 65; controle: 𝑛 = 30), então os achados de Morhenn et al. pode ser mais confiável e robusto quando comparado aos mencionado anteriormente.

 

 

Lund et al.  – 19 fibromyalgia patients – Guided relaxation –  Conventional massage  – ↑ corticotropin releasing fator

Lund et al. investigaram os efeitos de 30 minutos de massagem terapêutica administrada duas vezes por semana durante seis semanas. Aumentos na concentração urinária de IRC (CRH) foram observado após o período de tratamento.

Observação: eu postei um outro artigo científico sobre as terapias indicadas para a fibromialgia e lá diz que a massagem não é recomendada, pois não encontraram artigos e literatura dizendo sobre seus benefícios. Mas que a drenagem linfática pode ser feita. Então, eu tenho a seguinte opinião: teste! Veja como o seu paciente reage, ou se você se sente melhor! 

 

 

Hart et al. – Nineteen women with anorexia nervosa – Control (standard treatment only) –  Conventional massage  – ↑ dopamine

Hart et al.  investigaram 19 mulheres jovens tratadas (idade média = 26) com anorexia nervosa, com massagem de 30 minutos, duas vezes por semana durante cinco semanas. Os investigadores observaram um aumento de 72,5% na urina de dopamina, enquanto nenhuma alteração estatística foi observada o grupo de controle.

 

 

massagem no autista autismo conexão com a mãe

Tsuji et al.  – 7 Japanese boys with Autism Spectrum Disorder and their mothers  – Control (no massage, crossover) –  Conventional  massage –  ↑ oxytocin

As crianças receberam massagem terapêutica de suas mães por 20 minutos, geralmente após o jantar, antes de dormir, todos os dias durante 3 meses. As mães dos participantes foram treinadas em massagem por uma massoterapeuta. E depois ficaram 4 meses sem as massagens, para comparar os resultados.

Isso envolveu uma massagem suave e quente com pressão fraca para o corpo da criança na seguinte sequência: costas, ombro direito à mão, mão direita, ombro esquerdo à mão, mão esquerda e costas novamente.

Avaliação

Foi feito teste de ocitocina salivar, como mostra no quadro acima, por 4x durante o período de massagem (a cada 3 semanas, durante 3 meses) e por 4x, toda primeira quinta-feira do mês, durante o período sem massagem.

Resultados

Viram que os níveis de ocitocina são mais altos no período da massagem. E o curioso é que os níveis aumentam não só no filho, pois ele recebeu a massagem, mas na mãe também. E a ocitocina além de todos os benefícios que eu coloquei acima, parece também que auxilia a criança a ter mais atenção na escola. Isso realmente é ótimo.

 

Eu fiquei bem curiosa sobre esse artigo científico que pesquisa Autismo, mães de autistas e os efeitos da massagem, que fui procurar o artigo, e trouxe ele aqui também. Os dados que coloquei ai em cima sobre os efeitos no Autismo são do outro artigo, tá.

 

 

O link para os dois artigos está aqui, para que você os baixe na íntegra.:

 

Artigo sobre as várias terapias manuais : https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4695672/pdf/PRT2015-292805.pdf

Vigotsky AD, Bruhns RP. The Role of Descending Modulation in Manual Therapy and Its Analgesic Implications: A Narrative Review [published correction appears in Pain Res Treat. 2017;2017:1535473]. Pain Res Treat. 2015;2015:292805. doi:10.1155/2015/292805

 

 

Artigo sobre os Autistas:
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4404976/pdf/fpsyt-06-00058.pdf

 

Salivary Oxytocin Concentrations in Seven Boys with Autism Spectrum Disorder Received Massage from Their Mothers: A Pilot Study

Shuji Tsuji, Teruko Yuhi, Kazumi Furuhara, Shogo Ohta, Yuto Shimizu, Haruhiro Higashida

Front Psychiatry. 2015; 6: 58. Published online 2015 Apr 21. doi: 10.3389/fpsyt.2015.00058

 

 

 


2 comentários

Microfisioterapia: artigo científico da sua eficácia na cervicalgia - Blog | Fisio Suzi Evangelista · 2 de Julho, 2020 às 18:13

[…] Leia também o artigo sobre Efeito Neurológico da Massagem na Anorexia, Autismo, Fibromialgia e Dores […]

Vitamina D e Covid-19, veja o que pesquisas mostram - Blog | Fisio Suzi Evangelista · 8 de Julho, 2020 às 19:18

[…] Leia também sobre Efeito Neurológico da Massagem na Anorexia, Autismo, Fibromialgia e Dores […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *